14º Sony Fashion Weekend Kids

por Gui Abud em
29/03/2012

14 sony fashion weekend kids - sfwk2

Aconteceu nos dias 23 a 25 de março no Shopping Iguatemi em São Paulo o Sony Fashion Weekend Kids, que em sua 14ª edição foi movido pelo tema Lar Doce Lar. A cenografia de Chris Ayrosa conseguiu deixar tudo mais aconchegante, fomos cercados por doces, balas, algodão doce e chocolates, tudo em tom pastel, um encanto.

Nos cantinhos dos patrocinadores era possível pescar galochas na 7Léguas, brincar com os jogos da Hasbro, costurar na Love Blankie (amo), confeitar (chocolate ou leite condensado) pipoca na Pipoquerie Brastemp, guardar recordação através de foto no Projeto Familia, comer brigadeiro de colher da Brigaderia e poder acompanhar de perto o trabalho da Equipe Tween no lounge montando pela Hits Kid’n’Teens.

Spezzato Teen, PUC, 1+1/2IN, Animê, VR Kids, Mixed Kids e Cris Barros Mini trouxeram para a passarela as tendências Outono/Inverno 2012 além de vários famosos como Juliana Paes, Marcelo Serrado, Tania Kalil, Sophie Charlotte (princesa), Leticia Birkheuer, entre outros.

14 sony fashion weekend kids - spfw142

14 sony fashion weekend kids - spfw144

14 sony fashion weekend kids - spfw14

14 sony fashion weekend kids - spfw145

14 sony fashion weekend kids - spfw141

14 sony fashion weekend kids - spfw146

14 sony fashion weekend kids - spfw143

Nessa edição o tema foi especial e mostrou a inquietude da idealizadora Ana Cury em exaltar o valor da família nos dias atuais. No sábado, após o desfile da Animê ouve um bate papo inédito com os pais.

Então, com esse sentimento familiar pensei em mudar um pouco o foco da cobertura dessa edição e ao invés de apenas mostrar as tendências, cores e inspirações fazer uma breve entrevista com Ana Cury, dar voz a mente pensante por trás desse fenômeno que é o SFWK. Confiram:

  1. Essa é a 14ª edição do pioneiro evento de moda voltado exclusivamente para o público infantil/teen. Como tudo começou? Por que o segmento infantil?

A.C. – Tudo começou quando convidei minhas filhas e marido para me dar um beijo na SPFW na Bienal. Estava trabalhando e morrendo de saudades deles pois não os via direito já há 3 dias. Para minha surpresa as meninas amaram tudo e a Bia que na época tinha 7 anos me perguntou: Mamãe não tem isso para criança? PIN me deu um estalo e uma idéia!

2. A cada nova edição o FWK está cada vez mais lotado e concorrido, mães disputam para ver os filhos desfilarem ou ganhar um convite, qual o segredo de tanto sucesso?

A.C. – O segredo do FWKids está no conceito: NÃO é um evento de moda e sim um evento de ENTRETENIMENTO através da MODA. Um lugar onde Pais e filhos se divertem enquanto experimentam este mundo. Para mim é emoção pura, misturada com vaidade e orgulho!

3. Como é feito a escolha das marcas, você prioriza algo, como por exemplo valorizar nosso mercado, as marcas nacionais?

A.C. – A escolha das marcas vem em primeiro lugar com minha empatia com a roupa que será mostrada, depois com os donos pois atrás de uma marca desorganizada SEMPRE tem alguém desorganizado. Gosto de manter a diversificação entre os estilos e sempre priorizo as marcas que estão fazendo um trabalho sério e de longa data.

O mercado infantil durante anos foi composto por Mães que queriam ter aqui as roupas que compravam fora e as marcas duravam muito pouco. Hoje em dia com a necessidade de reciclar clientes e ter mais experiência nas araras várias marcas internacionais elevaram o status da moda infantil, fazendo assim que marcas nacionais também olhem para este mercado com mais profissionalismo.

4. Para ser sucesso e ter um evento seguro para os convidados e envolvidos você precisa de uma equipe competente e atenciosa, quantas pessoas ao todo estão envolvidas nesse projeto?

A.C. – Minha equipe PASMEM é formada por 9 pessoas de diversas áreas e cada uma cuida de vários fornecedores que contratamos na época de cada evento. Um bando de mulheres muito fortes e determinadas que juntas faz a coisa acontecer!

5. Já se passaram 14 edições, ou seja, 14 temas diferentes, como é feito a escolha da tematica, suas filhas dão opinião na escolha?

A.C. – Todo ano sento com a equipe interna, cenografia e assessoria e fazemos um apanhado de tudo que gostamos em viagens, revistas, blogs e dia a dia. Depois desta primeira reunião soltamos alguns temas e vou pensar ,mostrar para minhas filhas, rabiscar idéias. O tema do Kids deve passear pelo evento todo, do convite a boca de cena, passando pelas barraquinhas de comida e lounges. Outro guia para nós é uma mensagem para as famílias, exemplo esta edição do Lar doce Lar era toda de doces mas o que queríamos mesmo era fala rque a casa da gente é muito importante e que as famílias PRECISAM curtir o lar JUNTOS.

6. Alem dos desfiles, o ponto alto são os cantinhos, as crianças brincam, os pais conhecem novidades, conte-nos um pouco mais sobre essa área.

A.C. – As áreas de entretenimento mudamos a cada edição, a não ser os que amamos tipo Love Blankie e Brigaderia. O resto vamos atrás de patrocinadores que possam nos ajudar a alavancar o tema e faze-lo mais rico.

7. Quais projeções, planos futuros para o SFWK? Pretende expandi-lo para outras capitais?

A.C. – Já temos SP, RJ, Comandatuba na Bahia e Curitiba! Está bom por enquanto. Tenho vontade de fazer em Brasília, mas só em 2013.

8. Como você mentaliza a 30ª edição do SFWK?

A.C. – Lá na frente terei mais experiência, não errarei nos detalhes, as pessoas serão ainda mais organizadas e teremos uns dias focados nos Teens. Mas nada muito maior do que é hoje só mais rico visulamente e mais divertido.

9. Para terminar, sempre que uma edição se aproxima vejo mães nas redes sociais mostrando fotos, fazedo pedidos para que você escolha a criança para desfilar, esclarecendo então, como é feita a seleção das crianças para os desfiles?

A.C. – Esta questão dos pedidos é sempre um problema. Por mim fazia todo mundo desfilar mas não é possível. As marcas são as responsáveis pela escolha dos clientes que irão desfilar e eu procuro nunca interferir para não perder nosso foco. A única REGRA é que NÃO permitimos crianças agenciadas recebendo cachê. Se a marca quer colocar o menino que estrelou o catálogo Ok, mas se descubro que ele recebeu cachê a marca é penalizada ficando fora do evento. CRIANÇA tem que brincar e NÃO trabalhar!

14 sony fashion weekend kids - foto familia bia

Ana Cury com as filhas Bia e Gegê. Família é tudo de bom!

Fotos: Revista Crescer, Reprodução